Luciana Burlamaqui, 39 anos, documentarista e jornalista formada pela PUC-SP (92), voltada para a cobertura de temáticas sociais. Trabalhou como repórter na mídia impressa no Brasil (Folha de São Paulo, Agência Estado e Revista Quatro Rodas); correspondente do Jornal do Brasil e da Agência Estado em Nova York; foi repórter especial na investigação do livro “Rota 66 A História da Polícia que Mata” do jornalista Caco Barcellos, repórter de programas exibidos na TV Record, SBT, CNT, TV Cultura, TV Senac, Canal 21 e TV PUC-SP; câmera e editora nos Estados Unidos da Downtown Community Television Center (DCTV); produtora associada e coordenadora de produção da PBS/Channel 13; produtora e co-diretora de documentários produzidos pela produtora inglesa Television Trust for The Enviroment e pela produtora francesa Article Z, exibidos na BBC World  e na TV ARTE (França). Sócia-proprietária da produtora Zora Mídia criada em 2003 voltada para produção de documentários e longas-metragens focados em temáticas humanistas.

 

UM MERGULHO INESQUECÍVEL